Acervos culturais, palestras, vídeo e mais, disponíveis online

Em meio à pandemia de Covid-19, que mantém grande parte da população brasileira e do mundo em isolamento social, algumas instituições públicas e privadas de arte, cultura e museologia tem se movimentado com ações digitais para manter a circulação e produção cultural ativa, numa tentativa de democratizar o acesso à cultura nesses tempos tão difíceis em que vivemos.


Nesta segunda-feira, no Dia Internacional dos Museus, o Itaú começou um fio/thread no twitter convocando instituições a compartilharem o conteúdo de seus acervos que tem sido disponibilizados para visitas virtuais, já que o museus não podem ser abertos para a segurança e saúde da população.


Separamos algumas das respostas de instituições para vocês, mas podemos conferir o fio acessando abaixo ao tweet original do Itaú:


Um Possível Olhar sobre a Produção em Artes Visuais no Brasil

via Itaú Cultural


Se trata de uma série com 12 palestras que ocorrerão via transmissão ao vivo no site do Itaú Cultural, de 4 de maio à 9 de junho de 2020, ministradas pelo professor e curador Marcos Moraes. As palestras ficarão disponíveis no site para quem não estiver disponibilidade de acesso no momento da transmissão.


Acesse aqui

# MAMonline

via Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP)


O MAM-SP disponibilizou em suas plataformas digitais (site e instagram @mamoficial), diversas ações culturais, todas gratuitas (com exceção dos cursos online), enquanto o seu espaço físico permanece fechado. Entre as ações, estão: #tbt's para relembrar exposições, #MAMParaOuvir com playlists, #DicaDeLeitura com indicações de livros do acervo do museu (publicações catálogos e livros de ações educativas), #MAMEducativo com lives acessíveis em libras, lives com narração e contação de histórias etc


Acesse aqui


Destaques do acervo e filmes da Cinemateca do MAMRio

via Museu de Arte Morderna do Rio de Janeiro (MAM Rio)


Durante o isolamento, o MAM Rio tem oferecido diversos filmes de sua Cinemateca, para streaming online gratuito, incluindo produções que foram filmados na própria instituição, como o filme trash futurista A Garota do Rio, que diferente da aclamação que recebe hoje, em seu lançamento em 1969, provocou sentimentos problemáticos e de ira no então curador da Cinemateca do MAM Rio, Cosme Alves Netto.


Além da disponibilização de filmes, o museu tem feito publicações em suas redes sociais com produções culturais/de artes visuais de destaque no seu acervo.


Acesse aqui o filme A Garota do Rio e aqui a conta do MAM Rio no twitter para ficar por dentro dos destaques.


Série 'Novas aberturas'

via Inhotim


O Inhotim inaugura a série Novas aberturas online pelo Google Arts & Culture, prometendo uma ótica diferente sobre a instituição. Atualmente a exposição Visão Geral está disponível e já foi anunciado pela instituição que em breve uma nova exposição sobre seu Jardim Botânico será publicada.


Acesse aqui


Acervo MASP

via Museu de Arte de São Paulo (MASP)


A instituição promove acesso gratuito à mais de 2 mil obras do seu acervo original de cerca de 10 mil peças. Incluindo peças que abarcam culturas brasileira, das Américas, de partes do continente africano, asiático e europeu, datando desde a Antiguidade ao século XXI.


Acesse aqui


# pinadecasa

via Pinacoteca


A ação #pinadecasa promove posts críticos diáricos de obras do acervo, além de tours virtuais, exposições à distância com videos e filmes do acervo e também conta com jogos educativos.


Acesse aqui


Cadernos educativos

via Museu da Língua Portuguesa


Para quem se interessa sobre os cruzamentos entre palavra, arte e educação a pedida é essa. O Museu da Língua Portuguesa, oferece disponíveis para download seus cadernos educativos com os mais diversos conteúdos.


Acesse aqui


Instalação videográfica SobreNomes

via Museu da Imigração


O museu disponibilizou online a obra SobreNomes, produzida com mais de 1.600 registros enviados antes do fim de 2019, que constituiram a exposição Migrar: experiências, memórias e identidades. A instalação originalmente ocupou 13 metros da entrada da exposição, utilizando da técnica de videomapping.


Acesse aqui


MAR na Rua e Casa Carioca (Websérie)

via Museu de Arte do Rio


A websérie MAR na Rua foi uma iniciativa de relacionar obras do acervo do museu com o contexto urbano e social que atravessa/em que o museu está inserido. Promovendo um encontro entre a população e a arte. As obras e personagens foram selecionadas por Raquel Barreto, doutoranda em História pela UFF.


Todos os domingos você pode conhecer a equipe da próxima exposição do museu, intitulada Casa Carioca, que originalmente abriria nesse mês de maio. Através dos vídeos no canal do youtube, es artistes comentam como o isolamento impactou suas vidas e suas produções. O curador Marcelo Campos, integra a equipe da exposição, sendo o atuante curador chefe do Museu de Arte do Rio e comenta como o cenário atual de isolamento e pandemia impactou o desenvolvimento/produção da exposição.


Você pode conferir tanto a websérie MAR na Rua, quanto o quadro Casa Carioca no canal do Museu.


Acesse aqui

Comenta aí abaixo se você tá sabendo de alguma coisa bacana e se tiver sugestões de conteúdo para realizarmos juntos também!