Conversa sobre curadoria com Juliana Gontijo


Ativando pontos de contato entre curadoria e ensino, Juliana Gontijo nos conta nessa palestra, sobre sua prática no corpo docente da Universidade Federal do Sul da Bahia e como isso soma a seu fazer curatorial dentro e fora do campus.


Juliana Gontijo recém participou, como curadora convidada, na residência artística Entre Nós, no Espírito Santo, juntamente com a curadora Clara Sampaio e mais seis artistes.


Dentro os projetos mais recentes da curadoria, estão os projetos: Dura Lex Sed Lex e Conversations in Gondwana. Suas ações curatoriais dizem muito de um posicionamento político anti-imperialista, com produções contemporâneas sendo de grande parte dentro do eixo latino e de países como a África do Sul.


Juliana Gontijo é pesquisadora, curadora independente e professora adjunta na Universidade Federal do Sul da Bahia. É doutora em História e Teoria das Artes pela Universidade de Buenos Aires. Entre suas curadorias realizadas, destacam-se: Cildo Meireles: Cerca de Lejos, exposição que integrou da BienalSur (Chile, 2019); co-curadoria de Conversas em Gondwana (prêmio PROAC-SP, São Paulo, 2019); co-curadoria de Dura lex sed lex, selecionada para integrar a BienalSur (Argentina, 2017) e Instabilidade estável (Prêmio Temporada de Projetos, São Paulo, 2014). Foi editora de Ediciones Portunhol (2017), projeto de publicações independentes com artistas e autores latino-americanos.


Créditos:


Entrevista e Coordenação de produção: Ananda Carvalho

Fotografia e Edição: Luiz Will

Texto: Ananda Carvalho e Igor Degobi


Agradecimentos:


Juliana Gontijo

Entre Nós

Clara Sampaio

Oá Galeria

Thais Hilal

Centro de Artes - UFES


Confira o relato da palestra em Conversas sobre curadoria com Juliana Gontijo.