Seminários Permanentes: Linguagens e Materialidades da Diferença Tecnológica, com Daniel Hora

Os "Seminários Permanentes" são uma realização da Academia de Curadoria (Grupo de Pesquisa em Curadoria e Universidade em Museus de Arte e Centros Culturais/ CNPq).


Tema: Linguagens e Materialidades da Diferença Tecnológica – questões críticas e curatoriais da exploração hacker na arte.



Daniel Hora é professor adjunto do Departamento de Artes Visuais e professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal do Espírito Santo. É um dos líderes do grupo de pesquisa Fresta: imagens técnicas e dispositivos errantes, e é subcoordenador do projeto de extensão Processos de Criação em Curadoria. Atua desde 2004 nas áreas de comunicação, teoria e crítica de arte, tecnologia e mídia, com ênfase em práticas e estudos relacionados à arte contemporânea, estética pós-digital, cultura hacker, código aberto e generatividade. Recebeu o prêmio Rumos Itaú Cultural Arte Cibernética de 2009, na categoria de pesquisa acadêmica.